Departamento de Florestas Plantadas

PROGRAMA DE GESTÃO DE SOLO E ÁGUA EM MICROBACIAS - APRESENTAÇÃO

                A agricultura paranaense ocupa lugar de destaque no agronegócio nacional, com altos índices de produção e produtividade. O uso inadequado e intensivo do solo tem acarretado problemas de erosão e manutenção de vias rurais. A esses fatores negativos se incluem o uso excessivo de agrotóxicos, a cobertura florestal insuficiente e desuniforme, descaracterizando o modelo reconhecido pelo Banco Mundial há 30 anos, que colocava o Paraná como Estado Modelo para o mundo em Preservação do Solo.

              Assim, a sustentabilidade da vida rural e da própria agricultura são ameaçados em todas as regiões, com reflexos na qualidade e quantidade de água disponível para consumo humano e geração de energia, com problemas de assoreamento e poluição de corpos hídricos, e contribuem para tragédias como inundações e deslizamentos de encostes e taludes.  Seus impactos extrapolam a questão ambiental, causando prejuízos para a própria economia pela diminuição da produtividade, aumento de emissões de gases de efeito estufa, por aumento em custos na área da saúde e por gastos em recuperação de estradas e moradias, maiores custos para tratamento de água, entre outros. Grande parte dos problemas podem ser resolvidos através de um planejamento criterioso do uso da terra em microbacias, realizado de forma participativa com a sociedade, com a elaboração de planos de ação e de sua posterior implementação com o apoio técnico e financeiro do Estado.                                                   

              Neste sentido, o Governo do Estado do Paraná negociou um empréstimo com o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento – BIRD (Banco Mundial) financiando o PROJETO MULTISSETORIAL PARA O DESENVOLVIMENTO DO PARANÁ, através do ACORDO DE EMPRÉSTIMO Nº BIRD 8201-BR, que tem como objetivo tornar o acesso a oportunidades de desenvolvimento econômico e humano mais justo e ambientalmente sustentável, através da modernização da gestão do setor público e da gestão da receita no Estado do Paraná.

                 Entre as ações prioritárias está o Programa de Gestão de Solo e Água em Microbacias – MICROBACIAS. Considera-se que microbacias com diagnósticos claros da situação ambiental e produtiva e com a população mobilizada e organizada para resolver problemas e buscar oportunidades de desenvolvimento tornam-se o espaço ideal para a aplicação de programas de governo nas mais diversas áreas.

                 Dessa forma, espera-se que a soma de recursos e do trabalho dos seus moradores e dos investimentos públicos federais, estaduais e municipais transforme a microbacia em um espaço de desenvolvimento sustentável, com cadeias produtivas fortes, com produções de qualidade, valorizadas por um ambiente saudável e agradável.

 

MATERIAL TÉCNICO:



microbacias

RESUMO EXECUTIVO

MANUAL

MANUAL OPERATIVO DO PROJETO

 


Recomendar esta página via e-mail: