Departamento de Florestas Plantadas

Agricultura e Abastecimento

20/05/2019

Governo quer organizar cadeia da vitivinicultura no Estado

Um plano estratégico para fortalecimento e ampliação da cadeia da vitivinicultura no Paraná será elaborado em 30 dias. A medida foi definida neste sábado (18) em reunião entre o secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, e produtores do setor. O encontro aconteceu durante o Festival Vinopar do Vinho Paranaense, no salão de eventos do Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba.

De acordo com Ortigara, o plano será construído por técnicos da secretaria, da Emater e Iapar, em conjunto com os produtores. “Nosso objetivo é levantar as dificuldades de cada elo desta cadeia produtiva e buscar soluções, incluindo as áreas de pesquisa, assistência técnica e incentivos para ampliação da área de plantio”, disse.

O secretário explicou que hoje a maior parte das uvas utilizadas para a produção de vinhos e sucos no Estado vem do Rio Grande do Sul. Porém, o Paraná tem potencial para ampliar a produção. “Temos centenas de famílias que já produzem uvas, temos qualidade, mas podemos crescer com incentivos, como o apoio à produção de mudas, além assistência técnica direta e o fornecimento de insumos para associações e cooperativas de agricultores familiares”.

O diretor da Vinopar, Fernando Rausis, disse que as perspectivas são boas. “O Governo do Estado recebeu nossas sugestões de braços abertos e já saímos da reunião com a definição de um plano e com pessoas responsabilizadas para atuar nas questões relacionadas à tecnologia”.

FESTIVAL - Mais de 70 rótulos de vinhos finos e coloniais, espumantes e sucos elaborados no Paraná puderam ser degustados e adquiridos durante o Festival Vinopar do Vinho Paranaense, no sábado (18) e domingo (19), no salão de eventos do Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba.

É a primeira vez que vitivinicultores paranaenses se reúnem para apresentar e promover os seus vinhos, buscando estimular o consumo e valorizar o produto regional, assim  como a prática do enoturismo.

O diretor da Vinopar, Fernando Rausis, explica que a ideia de reunir as vinícolas num mesmo evento possibilita que o público deguste todos os estilos  de vinhos, espumantes e sucos produzidos no Estado, uma forma de fortalecer a cadeia produtiva e também a cadeia do comércio.

“É uma oportunidade para as pessoas perceberem que o Paraná está fazendo um trabalho sério com seus vinhos, diversificando microclimas, trazendo muita tecnologia, e vinhos realmente de qualidade, já comprovada com premiações internacionais”, destacou o diretor da associação.

O festival também teve expositores de pratos e alimentos típicos paranaenses para acompanhar os vinhos, uma proposta de divulgação da enogastronomia regional. A programação incluiu ainda wokshops sobre os mais variados temas ligados à vitivinicultura e à gastronomia paranaense.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.