Pesquisa em manejo e conservação de água e solo

Como primeira ação da Rede, o Comitê Gestor entendeu que a Conservação de Solos deveria ser considerada prioritária, uma vez que é um assunto que abrange todas as atividades agropecuárias, está diretamente relacionado à conservação da água, e por tratar-se de dois recursos naturais finitos e essenciais ao desenvolvimento do meio rural e da sociedade como um todo.

Foram então destacados os principais problemas que precisam de respostas da pesquisa para sua mitigação no que diz respeito à proteção e manejo do solo:

O campo enfrenta carência de informações sistematizadas e atualizadas sobre conservação do solo, adaptadas à realidade, considerando as diferenças regionais de clima, solo e manejo.

As dimensões das máquinas utilizadas atualmente são incompatíveis com os sistemas de terraceamento.

Há necessidade de capacitação dos técnicos para dar suporte aos produtores no uso crescente e intensivo de mecanização.

Verificam-se problemas no manejo do solo relativo à rotação de culturas, manejo da palhada (plantio direto) e cobertura do solo em períodos de entressafra.

Há necessidade de avaliação na cultura da cana de açúcar, o manejo da palhada e sua utilização para bioenergia e sequestro de carbono.

A aptidão de solos é um tema a ser debatido e precisa ser definido face às modernas técnicas de manejo e conservação.

Há problemas de infiltração e erosão dos solos e uso inadequado do terraceamento.

Existe a necessidade de integração das estradas rurais as práticas conservacionistas de solo.

Deve-se reforçar a abordagem de microbacias e da gestão das águas, ajustando-se tecnologias às mudanças climáticas.

Orientar a gestão integrada e segmentada dos solos dos diferentes tipos de solos, com base no resultado de pesquisas a serem desenvolvidas para a definição de parâmetros de perda de solos, taxa de infiltração de água no solo e o estabelecimento de indicadores e métricas para o monitoramento e identificação dos problemas nos diferentes tipos de solos.

 

Coordenação Estadual: André Pellegrini

 

Conheça mais sobre a Rede AgroPesquisa e Formação Aplicada:

Um olhar científico para o solo e a chuva

Preparados para preservar

mapa