Famílias beneficiadas pelo Renda Agricultor Familiar têm suas histórias narradas em revista
14/01/2022 - 16:22

Ter um banheiro dentro de casa para receber a mãe era o sonho da produtora rural Evani Rosa dos Santos, que mora na localidade Linha Jacutinga, de Bituruna, na região Sul do Estado. O que para muitos parece normal para Evani só foi possível ao participar do projeto Renda Agricultor Familiar, do Governo do Estado, que atende famílias rurais em situação de vulnerabilidade social.

Ela investiu o valor recebido pelo projeto, primeiramente, na construção de um banheiro dentro de casa para dar mais conforto à família. “Para mim é um sonho ter esse banheiro construído porque a minha mãe, que já é de idade, pode dormir aqui. Todo final de ano ela vem me visitar e nunca passou a noite aqui por falta do banheiro que ela necessita durante a noite, e agora, já me disse que vai ficar uma semana aqui comigo. Para mim, isso é uma vitória”, afirma a agricultora.

Além do banheiro, as parcelas liberadas – três de R$ 1.000,00 – foram investidas na melhoria da propriedade para aumentar a produção de erva-mate, que já era uma fonte de renda para a família, e na aquisição de mudas frutíferas para melhorar a alimentação da família e, claro, possibilitar a venda do excedente para a merenda escolar.

Além da Evani, outras seis mil famílias foram beneficiadas pelo projeto durante os primeiros cinco anos de execução. O IDR-Paraná (Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná – Iapar – Emater) reuniu as histórias destas famílias numa edição especial da revista Renda Agricultor Familiar, lançada nesta sexta-feira (14). São histórias narradas pelos técnicos do IDR-Paraná que acompanharam as famílias desde o início do projeto.

O Projeto Renda Agricultor Familiar integra o Nossa Gente Paraná e é uma política pública que tem por objetivo realizar ações que possam contribuir de forma significativa às famílias de agricultores que vivem em situação de vulnerabilidade.

É fruto de uma parceria entre o IDR-Paraná, a Secretaria Estadual de Justiça, Trabalho e Família (Sejuf) e a Secretaria Estadual da Agricultura e do Abastecimento (Seab). Cabe ao IDR-Paraná a execução do projeto, por meio de visitas às famílias, análise e avaliação da realidade para definir em que e como o valor destinado pelo projeto deve ser investido.

Cada família selecionada recebeu R$ 3.000,00, que foram investidos em ações para geração de renda e produção para autoconsumo e em obras de saneamento básico para melhorar as condições de vida.

A definição de como e onde o dinheiro poderia ser investido foi feita em conjunto pelos técnicos do IDR-Paraná e pela família beneficiária. Até agora foram aportados R$ 16 milhões para melhorar a vida dessas pessoas. Os recursos do projeto foram repassados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com contrapartida do Estado e do Fundo Estadual de Combate à Pobreza.

Confira a revista AQUI (versão digital).